Saúde do Trabalho

Como fazer a entrega de EPIs de forma eficaz

06/05/2021
Como fazer a entrega de EPIs de forma eficaz
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A preocupação com a saúde e a segurança do trabalho deve ser uma prioridade em todas as organizações. Os EPIs são os itens que garantem a segurança do profissional, portanto saber organizar a sua distribuição é muito importante! 

Como é feita a entrega de EPIs em sua empresa atualmente? Existem protocolos de segurança que acompanham de forma eficaz esse processo? 

Se essas questões lhe parecem um pouco confusas, então confira abaixo o que a falta de organização na entrega de EPIs pode ocasionar em sua empresa e como você pode evitar esse tipo de problema. 

As responsabilidades da gestão 

A Norma Regulamentadora 6 é a responsável por ditar os parâmetros a serem seguidos pelas empresas, para garantir a segurança dos trabalhadores na realização de suas funções. O texto orienta que: 

“A Norma Regulamentadora nº 6 (NR-06), conforme classificação estabelecida na Portaria SIT n° 787, de 29 de novembro de 2018, é norma especial, posto que regulamenta a execução do trabalho com uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), sem estar condicionada a setores ou atividades econômicas específicas.”

Portanto é de inteira responsabilidade do empregador garantir a segurança de seus colaboradores. Para que essas funções possam ser realizadas de forma segura, a utilização de EPIs se faz necessária

Em muitos casos, esses cuidados são negligenciados pela gestão interna, seja por despreparo ou, então, por desconhecimento da importância da gestão eficaz.

Conforme você irá observar abaixo, a má gestão da distribuição de EPIs pode gerar problemas grandes, que poderiam facilmente serem evitados com alguns cuidados simples. 

Consequências da gestão ineficiente

É muito comum que as empresas sigam protocolos arcaicos para organizar a distribuição interna de EPIs, com a utilização de fichas em papel, confiando plenamente no banco de dados físico desses itens. 

Mal sabem elas que esse processo as coloca em um grande risco nas questões trabalhistas, visto que o manuseio desses papéis, abrem brechas para problemas bastante comuns, como: 

Dados preenchidos de forma errada, falta de dados no preenchimento, ausência de preenchimento, perda das fichas e outros inúmeros problemas que podem ser vistos como meros detalhes, mas que causam grande prejuízo.

Os possíveis problemas podem ser mensurados em forma de cenários. Observe atentamente as possibilidades: 

Cenário 1: Um acidente de trabalho aconteceu e a perícia não encontra os documentos da solicitação das EPIS; 

Cenário 2: Uma perícia interna esporádica identifica que dentre os documentos arquivados, uma série deles não se faz presente; 

Cenário 3: Um ex-colaborador aciona a Justiça para alegar que sua função não contava com os equipamentos de segurança adequados. 

Esses cenários podem se estender de diversas formas, mas o resultado deles são sempre semelhantes: multas trabalhistas severas, com impactos diretos na credibilidade da empresa entre os clientes e acionistas

Então de que forma a empresa pode tomar os cuidados necessários para evitar esses tipos de problema e fazer uma gestão de entrega de EPIs segura e eficiente? 

O impacto da tecnologia

Para lidar com esse tipo de cenário, a resposta é evidente, a tecnologia precisa ser a principal aliada da empresa, para que possa administrar os cuidados de segurança no trabalho. 

A NG Informática, que está há mais de 30 anos no mercado, vem trazendo soluções tecnológicas que visam tornar a gestão das empresas mais segura, organizada e acima de tudo, mais humana, se preocupou com esse impasse. 

Por conta disso, elaborou um software capaz de sanar todas as demandas relacionadas à saúde e à segurança do trabalho, abordando todos os pontos da Norma Regulamentadora 6. Esse software é o Quírons

O software possui uma utilização bastante simplificada, portanto, todos os colaboradores, a gestão e principalmente o RH, possuem acesso à ferramenta, que conta com um visual leve e interativo. 

Algumas funcionalidades se destacam na ferramenta, fazendo dela a número 1 em termos de gestão da saúde e segurança do trabalho.

  • Agenda médica: Controle individualizado de consultas com especialistas;
  • Prontuário médico: Detalhes importantes sobre a saúde de cada colaborador, assim como cuidados individualizados que precisam de atenção;
  • Laudos: Apontamentos detalhados que retratam os resultados das revisões internas da CIPA; 
  • Gestão de riscos: Registros de riscos identificados nas revisões da CIPA; 
  • Plano de ação: Medidas tomadas para resolver os problemas em potencial; 
  • Mandatos da CIPA: administração da gestão vigente da CIPA, assim como o histórico de eleições; 
  • Gestão de acidentes: Histórico de ocorrências, acompanhado de medidas a serem seguidas para evitar a reincidência.

E, como não poderia faltar, administrar as demandas de entrega de EPIs é algo que pode ser realizado de forma muito prática no Quírons. 

Entrega de EPIs com o Quírons

Com uma interface limpa e amigável, o Quírons permite que você gerencie com precisão a entrega de EPIs em sua empresa

A rotina de entrega de EPIs, que pode ser realizada de forma individual, ou então em lote, pode ser documentada de forma bastante simples e, mais, você pode observar a distribuição por colaborador. 

Dessa forma fica fácil saber quem recebeu seus itens ou ainda está aguardando, assim como entender o estado atual de cada remessa e o momento adequado de sua substituição. 

O banco de dados fica salvo na nuvem, e essas informações estarão sempre acessíveis de forma prática e independente de localização, bastando para isso um ponto de acesso ao sistema Quírons. 

Experimente na prática o poder transformador do Quírons em sua empresa. Cadastre-se agora mesmo para garantir um teste gratuito de 7 dias e sinta essa experiência inovadora na gestão da segurança do trabalho!

plugins premium WordPress